Dieta Mediterrânea

0
Rate this post

A antiga palavra grega diaita, da qual a dieta vem, significa um estilo de vida equilibrado e explica exatamente o que é a dieta mediterrânea, algo muito mais do que uma dieta. A dieta mediterrânea se traduz em um estilo de vida, não apenas um padrão alimentar que combina os ingredientes da agricultura local, receitas e métodos culinários em todos os lugares, refeições compartilhadas, celebrações e tradições que, juntamente com o esforço físico diário moderado, apoiado por um clima ameno, complementam um estilo de vida que a ciência moderna nos convida a abraçar para a nossa saúde, o que a torna um modelo perfeito para uma vida saudável.

A dieta mediterrânea é caracterizada por uma grande quantidade de alimentos de origem vegetal, como pão, macarrão, arroz, legumes, verduras, frutas frescas e frutas oleaginosas; Utilização de azeite como principal blogue fonte de gordura; consumo moderado de peixe, aves, laticínios e ovos; consumir pequenas quantidades de carne vermelha e consumo moderado de vinho, geralmente durante as refeições. Sua importância para a saúde do indivíduo não se limita ao fato de ser uma dieta balanceada, variada e com nutrientes adequados. Os benefícios de um baixo teor de ácidos graxos saturados e um alto teor de ácidos monoinsaturados, como carboidratos complexos e fibras alimentares, contribuem para a riqueza de antioxidantes que determinam o bem-estar.

Pirâmide Alimentar

A nova pirâmide da dieta mediterrânea retrata a comida no fundo, que deve ser consumida em maior quantidade nos alimentos do dia-a-dia, e nas camadas mais altas, que devem ser consumidas com moderação, reservadas para ocasiões festivas e especiais. Além disso, contém dicas culturais e sociais intimamente relacionadas ao estilo de vida mediterrâneo e reflete o número de porções recomendadas para uma população adulta saudável e deve ser adaptado às necessidades específicas de crianças, gestantes e outras doenças.

pirâmide alimentar

A dieta mediterrânica é baseada em alguns conceitos básicos:
Atividade física
A prática regular de atividade física moderada (pelo menos 30 minutos por dia) oferece enormes benefícios para a saúde, como regular as despesas com energia e manter um peso saudável. Caminhar, subir escadas e fazer tarefas domésticas é um exercício simples e barato. Se possível, recomendamos atividades ao ar livre para aumentar a atratividade dos exercícios e fortalecer os laços com a comunidade.

Descanso adequado
Descanso adequado também faz parte de um estilo de vida saudável e equilibrado.

coexistência
Além do aspecto nutricional, a comida tem conotações sociais e culturais. Cozinhar e socializar à mesa na companhia de familiares e amigos é propício para um bom bem-estar.

Biodiversidade e sazonalidade
Alimentos sazonais, frescos e minimamente processados, contêm mais nutrientes e substâncias protetoras e são mais econômicos. Sempre que possível, deve ser dada prioridade aos vários produtos tradicionais do mercado local.

Atividades culinárias
É importante gastar tempo planejando e preparando refeições para que elas se tornem atividades divertidas e relaxantes com a família ou amigos.

Água e infusões
Uma condição de hidratação adequada é necessária para manter o equilíbrio dos fluidos corporais. A demanda por água depende de fatores como idade, nível de atividade física, estado de saúde ou clima. Em geral, 1,5 a 2 litros de água devem ser fornecidos por dia, o que pode ser conseguido através da ingestão de água sozinho ou na forma de infusões de ervas não fibrosas, ou caldos de baixo teor de gordura e sal.

cereais

Pão (trigo, mistura, integral, milho, centeio, …)
Macarrão (espaguete, penne rigatte, macarrão, …)
Arroz (selvagem, basmati, agulha, carolino, integral …)
Cereais (trigo, milho, centeio, cevada, aveia …)
Cereais são os principais fornecedores de carboidratos complexos, uma fonte de energia para o bom funcionamento do nosso corpo. Além disso, eles fornecem vitaminas, minerais e fibras alimentares.
Recomenda-se comer de 1 a 2 porções de cereais, preferencialmente inteiros em cada refeição principal.

  • jardinagem
  • couve
  • abóbora
  • tomate
  • cebola
  • espinafre
  • nabo
  • brócolis
  • couve-flor
  • cenouras
  • alface
  • Por francês
  • Feijão Verde

    Os vegetais são essencialmente fornecedores de vitaminas, minerais e fibras alimentares.
    Recomenda-se um consumo mínimo de 2 porções de vegetais em cada refeição principal, crua ou cozida e com diferentes texturas e cores.

Fruta fresca

maçã
pereira
laranja
banana
uva
melão
melancia
marmelo
pêssego

Frutas frescas são basicamente um fornecedor de carboidratos, vitaminas, minerais e fibras alimentares.
O consumo de 1 a 2 porções de fruta fresca é recomendado para cada refeição principal, crua ou cozida e com diferentes texturas e cores.

Slimming

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here